Wednesday, May 06, 2009

SF E CONCEITOS MOINETÁRIOS



Conceitos monetários

• meios de pagamento – mp
• moeda manual – mm
• moeda escritural – me
• papel moeda emitido – pme
• papel moeda em circulação – pmc
• papel moeda em poder do público – pmpp
• papel moeda caixa do bacen – cxbacen
• papel moeda caixa dos bancos comerciais - cxbc
• base monetária - bm

Conceitos monetários

• mp = M1=pmpp + dav (me) = ativos plemamente líq.
• Mp = moeda manual + moeda escritural
• mc = pme – cxbacen = meio circulante
• pmpp = pmc – cxbc
• M1 = pmpp+dav (= passivos de alta liquidez)
• m2 = m1+der+dpoup+ted+FI (ted=tit. emitidos p/inst.depositárias – dap, Lcâmbio, Lhipot. Limob)
• m3 = m2 +Quotas FRF+Oper. compromissadas registradas no Selic (posição líquida de tit.)
• m4 = m3 + TPb de alta liquidez (Fed.Est.Mun.)
• bm = M0 = pmpp + cxbc = mc

Criação/destruição de meios de pagamento

• 1) Empresa desconta duplicata no banco
• 2) Banco compra divisa de exportador
• 3) Banco compra TP em poder do público
• 4) BACEN compra TTN
• 1) Público paga débito bancário
• 2) Público faz DaP
• 3) Bancos vendem TP/pagamento em moeda
• 4) Bancos vendem divisas a importadores

Moeda e Sistemas Financeiros -

Base Monetária

• BM se expande se Operações do Ativo > Operações do Passivo
• Controle da BM, fundamental na determinação dos MP, se opera através das operações ativas da Autoridade Monetária

Fatores que afetam BM

• 1) Operações com setor externo
• 2) Operações com TN
• 3) Operações com TPF
• 4) Operações de Redesconto- Relações: BC – Tesouro – Sistema Financeiro
• 5. Bancos captam recursos junto ao público, oferecendo títulos privados – CDB, RDB, para a compra de CDI ou TT, conforme as oportunidades das taxas de juros, ou devolvendo ao público na forma de empréstimo
• 6. Bancos trocam recursos com o público através das Contas Correntes utilizando-os para negociar títulos ou concedendo empréstimos
• 7. Bancos recebem recursos do público através de cotas de fundos, usando tais recursos para comprar títulos públicos ou privados.

Relações Financeiras


• Relações Financeiras envolvem transferência de poder e de propriedade sobre recursos e reconhecimento de obrigações ou promessa de pagamento, relações de débito-crédito, contratos em moeda;

Moeda e Sistemas Financeiros -

Sistema Financeiro- Compreende um conjunto de mercados financeiros, instituições financeiras, inter-relações entre mercados e instituições, regras de comportamento e de intervenção do poder público; viabilizam relações financeiras como rotina e em grande escala;

O Sistema Financeiro envolve três elementos: poupança financeira, agente superavitário, agente deficitário;

Três funções básicas:
- canalizar recursos dos AS > AD, permitindo seu uso mais eficiente na economia;
- organizar e operar sistemas de pagamento da economia;
- criar ativos no volume e perfil necessário para atender demanda;

Mercado Financeiro

Mercado Financeiro é a operação do SF, guiado por regras e se estrutura em:

-Mercado de crédito – forma individualizada, com identificação das partes; contratos desenhados de modo a satisfazer interesse das partes em termos de taxa de juros, prazos, garantias; obrigações intransferíveis e não negociáveis; contratos de CP e LP

-Mercado de títulos: – regras genéricas; contratos padronizados; negociáveis em mercados secundários, que conferem liquidez aos títulos; títulos de propriedade (ações), comprador vira
sócio, participa dos lucros (dividendos), mas não tem direito de reaver recursos cedidos; títulos de dívida (bônus, promissórias, debêntures), prazo determinado e remuneração pela taxa de juros;
-Mercado primário e secundário –colocação inicial de títulos e re-negociação dos títulos em mercado;
- Mercado público: acesso a todos com mesmas vantagens;
- Mercado privado: não é acessível a todos, têm condições acordadas de forma bilateral;
- Mercado Financeiro
- Mercado de recursos, onde se transacionam recursos financeiros, p ex. crédito;
- Mercado de risco, onde se transacionam riscos, na forma de derivativos;

Intermediação e Desintermediação financeiras

- Relação financeira intermediada: aquela em que a instituição financeira assume o risco do empréstimo final; o depositante retém o direito junto à instituição e não ao tomador final; o depositante empresta ao banco e não ao tomador final;

]- Relação financeira não intermediada: aquela em que há uma relação direta entre emprestador e tomador. A instituição financeira apenas promove a colocação dos títulos ou subscreve os títulos. Ex. papéis comerciais, ações, bônus, debêntures.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home